Respeito✨✨


Ahah sabe aquele lugar dentro de nós que se acolhe, que procura compreender as limitações e as próprias necessidades?
Bem, quando conseguimos ouvir e acolher estamos praticando o auto respeito.
Quando fazemos isso entendemos que só nós temos o poder e a escolha de sermos felizes, que as pessoas são instrumentos do universo que despertam o melhor ou o pior em nós.
Quando alguém desperta o pior em nós é o momento que precisamos nos olhar, nos acolher e curar qualquer tipo de dor que ainda possa existir e cria essa realidade.
E quando o outro desperta o melhor, temos também que nos olhar e agradecermos por estarmos nessa vibração.
A prática do auto respeito faz com que também respeitamos as limitações do outro e quando fazemos isso nos conectamos no amor e não na dor.
Sim, o mundo esta cheio daquilo que nós conseguimos ver, bom ou ruim esta aqui dentro e quando vamos curando as nossas limitações nos tornamos seres livres!

Que todos os seres sejam livres e felizes.

Frequência ✨✨

Frequentemente fazemos escolhas em relação ao que queremos de acordo com os interesses do nosso ego. Ele julga bom ou mau, serve ou não serve, certo ou errado e muitas vezes de acordo com as nossas crenças limitantes.
Bem, quando entregamos o controle para nossa intuição os critérios mudam, pois ela deixa de julgar e começa a sentir.
Quando começamos a fazer escolhas a partir do sentir sem julgamento a nossa frequência energética vai mudando e naturalmente começamos a mudar a nossa realidade.
Como podemos fazer isso?
Um exercício bom para iniciarmos é observarmos a nossa intenção em todas as nossas escolhas, simm pois se a nossa intenção real for sincera e positiva entramos em uma nova frequência.
Quando entramos em uma nova vibração positiva, começamos então a nos conectarmos com novas possibilidades e isso começa gerar mudanças sincronizadas em relação ao que nossa essência gostaria de experienciar, naturalmente nossa energia vai sintonizar com energias parecidas.
Autenticidade, auto amor e autoconhecimento gera uma frequência diferente das necessidades de reconhecimento do nosso ego.

Com amor,
LuCordeiro

Auto amor

Auto amor ✨✨
Ahah o auto amor, este tema parece clichê… e ao mesmo tempo ele é muito atual e importante.
Um dia eu compreendi que sem esse famoso auto amor eu me tornava escrava na minha própria vida, escrava das necessidades e da opinião dos outros, e vitima de uma vida que teoricamente eu deveria ser responsável.
Bem, como a linha e muito tênue entre o auto amor e o egoísmo, muitas vezes para não praticar o egoísmo eu caia no auto abandono.
Então, quando isso acontece as relações se tornam vazias, simm pois quando não nos honramos e entregamos nossa auto estima e bem estar aos outros nos tornamos vazios.
Em qualquer relacionamento só existe espaço para o aprendizado quando temos nosso ponto de vista, quando um ponto de vista se perde a química começa a diminuir e o relacionamento corre perigo de morrer.
Todos os relacionamentos exigem que estejamos alinhados com o nosso auto amor, pois somente quando eu me vejo e me respeito e possível fazer isso com o outro.
Bem desejo um mundo repleto de pessoas que consigam praticar o auto amor.

Aho!
LuCordeiro

Sentir…

Aqueles momentos que silenciamos os pensamentos e olhamos as nossas experiências com o olhar de uma criança.

Aqueles momentos que respiramos profundamente e ficamos conscientes no aqui e agora.

Aqueles momentos que simplesmente nos abrimos para algo novo, deixando o medo ou o julgamento de lado.

Simm o momento que simplesmente o sentir e a intuição guia o nosso corpo, essa comunicação pode ocorrer através da arte, da dança, da música, da contemplação…

a mente não tem espaço para entrar.

Ahahha libertador colocar a mente de lado e simplesmente sentir…

Sensação de potência e de plenitude chega e com ela lágrimas nos olhos com profundo sentimento de gratidão.

Humm como conseguir isso?

Somente calando o cabeção e se conectando com o coração❣️

LuCordeiro

Motivação

Como manter a motivação?

Acordei super animada com a chuva na janela e pensei… Universo o que poderia ser mais divertido hoje?

Enquanto me mantive na pergunta a energia continuou alta, consegui cumprir a agenda do dia com motivação e prazer.

Aha final do dia, cansaço chegou e percebi que estava sem a vibração de potência e empolgação, pensei…como manter a energia alta diariamente?

 Neste momento percebi a perda da consciência e a ação de buscar algo fora entrando na impaciência…

Então, parei, respirei e me perguntei… O que você quer agora?

Seguindo a minha intuição, coloquei uma música, voltei para o momento presente.

Sim o tédio é um local de busca fora e de falta de criatividade, podendo ser vencido com a consciência de que está tudo aqui dentro, e quando encontramos esse lugar entendemos que tudo é perfeito como está agora.

A música, a respiração, a atividade física, a arte, a dança, tudo isso nos traz de volta ao controle do barco, ao controle do nosso barco.

E se tem algo que não está como eu gostaria eu me pergunto, qual parte minha ainda está criando essa realidade?

As vezes este sentimento não é meu, e quando isso acontece simplesmente faço o comando do sentimento voltar para o local de origem em forma de amor.

LuCordeiro

Crescimento

Temos duas consciências a da matéria e da alma, muitas vezes nossa alma sabe o que quer e o que fazer, mas a nossa mente, nosso ego não permite realizar as necessidades dela.

O caminho da alma, da essência, da intuição é um caminho de liberdade, de conexão, de vida e potência e para viver com base na essência temos que percorrer alguns caminhos internos que podem ser bem desafiadores.

Naturalmente podemos ter momentos na nossa vida em que conseguimos viver mais na essência do que no ego e tem momentos que não.

Quando aprendemos a diferença entre um caminho e outro, começamos a fazer escolhas mais próximas da nossa essência e com isso a evolução na matéria não fica muito distante da nossa evolução do espírito, encontramos a paz e liberdade desejada.

Quando iniciamos o caminho do autoconhecimento percebemos que para viver a liberdade que queremos precisamos liberar algumas coisas pelo caminho, padrões, crenças e muitas vezes coisas ou pessoas que não compartilham do mesmo despertar, e tudo isso é desafiador para o nosso ego.

Já passei por esses momentos em que no momento de fazer as escolhas resolvi abandonar o autoconhecimento para atender as necessidades do meu ego, o preço foi uma vida morte vida, momentos de puro vazio.

Bem, até que optei por viver os dois, a matéria bem vivida conectada com as necessidades da minha alma, da minha essência…. ahahah durante o caminho rolou muitas lágrimas, dor e muitas vezes pensando que não conseguiria. Como o objetivo era muito maior, o reencontro comigo mesmo, o desejo viver essa relação venceu e sim estar presente no meu corpo, viver as experiências de corpo e alma é o famoso viver como se não houvesse amanhã e aproveitar cada minuto dessa existência linda chamado vida.

Tem momentos ainda de viver só no ego? Simm claro, mas eles se tornam cada vez menores e ja não nos escravizamos nas necessidades dele com facilidade.

Simm o autoconhecimento liberta e que todos os serem sejam livres e felizes.

LuCordeiro

Segurança

Comecei a pensar e questionar o sentimento de segurança, sim percebi que colocamos este sentimento em coisas ou pessoas que muitas vezes não tem sentido nenhum.

Esta decisão é inconsciente e só vamos perceber onde estamos colocando nosso sentimento de segurança quando algo acontece em nossa vida.

Bem, o importante é entendermos que a verdadeira segurança vem de dentro para fora, pois quando colocamos em algo externo nos tornamos dependentes.

Quando entendemos que a segurança vem do sentimento de confiarmos em nós mesmos, de acreditarmos que somos capazes, começamos a entender que cocriamos a nossa realidade dentro de um local chamado liberdade.

LuCordeiro

Culpa

Hhaha esse sentimento sempre aparece, quando menos esperamos ele aparece.

Percebi que o sentimento de culpa é igual erva daninha, caso não for retirado invade todo o terreno.

Bem, o sentimento de culpa não serve para nada, somente para cocriarmos mais sofrimento.

Sentimos culpa, se fazemos algo ou se não fazemos, principalmente as mamães que vivem neste loop de sentimos.

Bem, quando eu percebo o sentimento de culpa consigo identificar diversas situações que cocrio que torna a situação ainda pior, então para viver em paz e eliminar a culpa na raiz eu me questiono…Como eu poderia fazer melhor nesta situação?

Quando fazemos a pergunta ficamos mais conscientes do que é possível mudar ou não e quando não é possível temos consciência de que estamos fazendo o nosso melhor, a consciência de mudar ou aceitar nos conecta com a paz novamente.

LuCordeiro