Filhos

Eles só querem sentir a nossa conexão…

Só querem sentir o nosso amor…

E quando estivermos com eles, precisamos estar presentes.

A birra e uma forma de atenção.

O choro e uma forma de atenção.

A raiva e uma forma de atenção.

Quando acolhemos sem tentarmos julgar, eles sentem o nosso amor e as explosões diminuem.

Confesso que no dia a dia muitas vezes é desafiador, principalmente no cansaço.

Mas com a mente descansada percebo que todas as ações são sinais que já nos dão a resposta do que está acontecendo.

Não e questão de passar 100% do tempo brincando, não e questão de atender todos os desejos deles, e somente estarmos presentes e nos comunicarmos com a linguagem deles, explicar o porquê você não pode brincar agora, o porquê não vai comer besteiras antes do almoço, ou o porque ele não pode fazer tal coisa.

Quando construímos conexão e a mensagem e compreendida a paz volta a reinar.

Aprendizados de uma mãe de primeira viagem.

LuCordeiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s