Você consegue observar os seus pensamentos?

Cada pensamento que temos está criando o nosso futuro. Somos todos cem por cento responsáveis por nossas experiências.

A vida na verdade é muito simples. O que damos, recebemos. O poder universal jamais nos julga ou crítica, ele apenas nos aceita dentro do nosso próprio valor e depois reflete nossas crenças em nossas vidas. Se quero acreditar que a vida é solitária e ninguém me ama, isso é o que encontrarei em meu mundo. Todavia, se estou disposta a abandonar essa crença e afirmar para mim mesma: “O amor está em todos os lugares e eu sou amorosa e digna de amor”, mantendo-me firme nesse pensamento e repetindo com frequência, ela se tornará verdade para mim. Então pessoas amorosas entrarão em minha vida, as pessoas que já estão nela se tornaram mais amorosas em relação a mim e eu me encontrarei expressando amor pelos outros com facilidade.

Toda a realidade que temos hoje, foi criado por nós em algum momento do passado, foram criados através de palavras e pensamentos. Entretanto, esse é o passado e ele já acabou, não pode ser modificado. O importante neste momento é o que estamos escolhendo pensar, acreditar e dizer agora. Esses pensamentos e palavras criarão nosso futuro. O nosso ponto de poder está no presente instante e está formando as experiências de amanhã.

A crença mais profunda que a maioria de nós temos é sempre: “Não sou bom o bastante! ” Muitas vezes acrescentamos a isso “Não mereço”, “Eu não faço o bastante”, deixando implícito ou sentindo que “Você não é bom o bastante”, mas para quem? E de acordo com os padrões de quem? Se essa crença for muito forte no seu interior. De que maneira você pode criar uma vida alegre, próspera, saudável, cheia de amor? De alguma forma, sua principal crença subconsciente sempre a esteve contradizendo.

O ressentimento, a crítica, a culpa e o medo causam mais problemas do que qualquer coisa, essas quatro emoções causam os principais problemas em nossos corpos e nossas vidas. Essas sensações surgem por culparmos os outros e não assumirmos a responsabilidade pelas nossas próprias experiências. Entenda, se somos todos cem por cento responsáveis por tudo o que existe em nossas vidas, não temos a quem culpar. Seja o que for que esteja acontecendo “lá” é apenas um reflexo dos nossos próprios pensamentos interiores. Não estou defendendo a mau comportamento dos outros, mas são nossas crenças que atraem pessoas que nos tratam assim.

Precisamos escolher nos libertar do passado e perdoar a todos, inclusive a nós mesmos. Talvez não saibamos como perdoar e talvez não queremos perdoar. Porém, o simples fato de dizermos que estamos dispostos a perdoar dá início ao processo de cura. Para nossa própria cura é imperativo que nós nos libertemos, podemos iniciar utilizando a seguinte afirmação “Eu o perdoo por não ser como eu queria que você fosse. Eu o perdoo e o liberto.”

Preste atenção agora no que você está pensando. É positivo ou negativo? Você quer que esse pensamento crie seu futuro? Apenas preste atenção e tome consciência.

O TEXTO FOI BASEADO NO LIVRO – VOCÊ PODE CURAR A SUA VIDA – LOUISE HAY.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s