Você ama a si mesmo?

Há uma tendência de achar que o amor a si mesmo é vaidade, egoísmo e arrogância, e é por isso que talvez ele não seja despertado e estimulado em nós desde pequenos. Pelo contrário, somos formados para atender o desejo alheio, a expectativa dos pais, as exigências dos professores e as ordens dos adultos. Lutamos desesperadamente para responder as solicitações externas como forma de sermos amados pelos outros. E nesse esforço permanente perdemos de vista o incrível milagre que é cada um de nós.

Precisamos amar o próximo como a nós mesmo, pois se não nos amarmos e respeitarmos, seremos incapazes de qualquer amor verdadeiro pelo outro.

As atitudes de vaidade, egoísmo ou arrogância não revelam amor a si mesmo. Revelam medo, insegurança, necessidade de afirmação de algo em que não se acredita de fato. Essas atitudes são disfarces, escudos para ocultar – até a própria pessoa – as carências que a incomodam e fazem sofrer. Pense nisso sempre que uma pessoa arrogante ou triunfalista intimidar ou procurar diminuir você. O amor é respeitoso, generoso, solidário e cheio de compaixão, já que é a expressão do divino em nós.

Quais são os passos para aprender a amar-se?

Primeiro passo: Não se critique

As críticas nunca mudam nada, por isso recuse-se a se criticar e aceite-se exatamente como você é para então realizar as mudanças que deseja. Lembre-se, todo mundo muda, todo mundo! Mas quando você se crítica, suas mudanças automaticamente são negativas porque não partem de um movimento que contribua para seu amor-próprio. Em contrapartida, quando você se aceita, é incrível como suas mudanças passam a ser positivas.

Segundo passo: Não se deixe assustar

Quem se ama, se trata com carinho, não procura meter medo em si mesmo. Não se trata de impedir que os outros nos assustem, mas de não nos deixarmos assustar por nós mesmos, com pensamentos negativos e sempre esperando o pior das coisas. Se você se esforçar vai conseguir eliminar o hábito de entregar-se a pensamentos assustadores.

Terceiro passo: Seja amável, gentil e paciente

Seja gentil, amável e paciente com você mesmo, pois a nossa vida é como um jardim. Precisamos colocar as sementes para que as coisas aconteçam. Para isso precisamos escolher os pensamentos que contribuam para a realidade e experiências que desejamos.

Quarto passo: Pense com bondade a seu respeito

O que faz as pessoas não gostarem de si mesma são os pensamentos negativos. É preciso mudar estes pensamentos. Há uma diferença entre ter direito ao amor e merecer o amor. Se pensarmos na respiração, ela é uma função natural de qualquer ser vivo, ninguém precisa conquista-la, ela é um direito. O mesmo acontece com o amor. Temos todo o direito de sermos amados.

Quinto passo: Relaxe

Bastam um ou dois minutos por dia, para começar. Feche os olhos, respire fundo duas ou três vezes e procure relaxar todo o corpo libertando conscientemente as tensões que está carregando. O relaxamento é essencial, absolutamente essencial para o processo curativo. É difícil qualquer mudança dentro de nós se estamos tensos contraídos e acelerados.

Sexto passo: Medite e visualize

Este gesto é de extremo amor com nós mesmos, pois todos nós temos uma imensa sabedoria em nosso interior e quando meditamos temos dentro de nós todas as respostas para as questões que desejamos fazer. Visualizar é criar um quadro ou imagem mental nítida daquilo que você deseja, como se já estivesse existindo. O essencial é sempre fazer visualizações positivas.

Sétimo passo: Elogie-se

Por favor elogie-se! A crítica destrói a autoestima e o elogio a levanta. Então elogie-se o mais que puder, dizendo como você faz bem aquilo que faz. Não desvalorize os pequenos avanços, as conquistas quase imperceptíveis em nome dos grandes feitos e vitórias que você fantasia como possíveis.

Oitavo passo: Apoie-se

Amar-se é apoiar-se. Apoiar-se não significa ser auto-suficiente, mas procurar sempre meios de se apoiar. Não tenha medo de estender a mão e pedir aos amigos “me ajude”. É um gesto de extrema grandeza e generosidade pedir ajuda quando necessário. Generosidades para com aqueles a quem você apela, porque permite que eles se tornem solidários. Se a ajuda dos amigos não for suficiente, procure um grupo de apoio, procure uma terapia. A única coisa que você que quer se amar não pode fazer é isolar-se ou achar que resolve as coisas por si mesmo.

Nono passo: Tenha carinho com o negativo

Chamo de “negativo” todas as características e hábitos adquiridos que comprometem nossa felicidade, que causam prejuízo aos outros, que impedem a nossa realização no amor. Não pense, por exemplo, “eu odeio meu trabalho”, quando houver uma insatisfação profissional, pois, tratar a situação com raiva não contribui em nada para muda-la ou curá-la. Precisamos lidar com eles de uma forma carinhosa e com gratidão.

Décimo passo: Cuide de seu corpo

O corpo é a casa onde você mora. Ao nascer, você se mudou para essa casa e, quando deixar o planeta, você se mudará dela. Então, ame e cuida da casa onde mora. Descubra o que você gosta de fazer para que seu corpo seja o mais saudável, flexível e ágil possível. A alimentação saudável é um combustível para o nosso corpo, para criar novas células e nos dar energia.

Décimo primeiro passo: Faça o exercício do espelho

O exercício do espelho pode mudar nossas vidas, apenas olhando-se no espelho e dizendo “Eu te amo, eu te amo de verdade”. É difícil, e no início da vergonha, mas se persistirmos aos poucos, nos libertamos dos pensamentos e comportamentos destrutivos e acabamos nos aceitando e assim amar-se passa a ser muito mais fácil.

O TEXTO FOI BASEADO NO LIVRO APRENDENDO A GOSTAR DE SI MESMO – LOUISE HAY.

Gostou? Curta a página e faça a sua inscrição neste blog para receber notícias sobre os novos conteúdos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s