Motivação

Como manter a motivação?

Acordei super animada com a chuva na janela e pensei… Universo o que poderia ser mais divertido hoje?

Enquanto me mantive na pergunta a energia continuou alta, consegui cumprir a agenda do dia com motivação e prazer.

Aha final do dia, cansaço chegou e percebi que estava sem a vibração de potência e empolgação, pensei…como manter a energia alta diariamente?

 Neste momento percebi a perda da consciência e a ação de buscar algo fora entrando na impaciência…

Então, parei, respirei e me perguntei… O que você quer agora?

Seguindo a minha intuição, coloquei uma música, voltei para o momento presente.

Sim o tédio é um local de busca fora e de falta de criatividade, podendo ser vencido com a consciência de que está tudo aqui dentro, e quando encontramos esse lugar entendemos que tudo é perfeito como está agora.

A música, a respiração, a atividade física, a arte, a dança, tudo isso nos traz de volta ao controle do barco, ao controle do nosso barco.

E se tem algo que não está como eu gostaria eu me pergunto, qual parte minha ainda está criando essa realidade?

As vezes este sentimento não é meu, e quando isso acontece simplesmente faço o comando do sentimento voltar para o local de origem em forma de amor.

LuCordeiro

Crescimento

Temos duas consciências a da matéria e da alma, muitas vezes nossa alma sabe o que quer e o que fazer, mas a nossa mente, nosso ego não permite realizar as necessidades dela.

O caminho da alma, da essência, da intuição é um caminho de liberdade, de conexão, de vida e potência e para viver com base na essência temos que percorrer alguns caminhos internos que podem ser bem desafiadores.

Naturalmente podemos ter momentos na nossa vida em que conseguimos viver mais na essência do que no ego e tem momentos que não.

Quando aprendemos a diferença entre um caminho e outro, começamos a fazer escolhas mais próximas da nossa essência e com isso a evolução na matéria não fica muito distante da nossa evolução do espírito, encontramos a paz e liberdade desejada.

Quando iniciamos o caminho do autoconhecimento percebemos que para viver a liberdade que queremos precisamos liberar algumas coisas pelo caminho, padrões, crenças e muitas vezes coisas ou pessoas que não compartilham do mesmo despertar, e tudo isso é desafiador para o nosso ego.

Já passei por esses momentos em que no momento de fazer as escolhas resolvi abandonar o autoconhecimento para atender as necessidades do meu ego, o preço foi uma vida morte vida, momentos de puro vazio.

Bem, até que optei por viver os dois, a matéria bem vivida conectada com as necessidades da minha alma, da minha essência…. ahahah durante o caminho rolou muitas lágrimas, dor e muitas vezes pensando que não conseguiria. Como o objetivo era muito maior, o reencontro comigo mesmo, o desejo viver essa relação venceu e sim estar presente no meu corpo, viver as experiências de corpo e alma é o famoso viver como se não houvesse amanhã e aproveitar cada minuto dessa existência linda chamado vida.

Tem momentos ainda de viver só no ego? Simm claro, mas eles se tornam cada vez menores e ja não nos escravizamos nas necessidades dele com facilidade.

Simm o autoconhecimento liberta e que todos os serem sejam livres e felizes.

LuCordeiro

Segurança

Comecei a pensar e questionar o sentimento de segurança, sim percebi que colocamos este sentimento em coisas ou pessoas que muitas vezes não tem sentido nenhum.

Esta decisão é inconsciente e só vamos perceber onde estamos colocando nosso sentimento de segurança quando algo acontece em nossa vida.

Bem, o importante é entendermos que a verdadeira segurança vem de dentro para fora, pois quando colocamos em algo externo nos tornamos dependentes.

Quando entendemos que a segurança vem do sentimento de confiarmos em nós mesmos, de acreditarmos que somos capazes, começamos a entender que cocriamos a nossa realidade dentro de um local chamado liberdade.

LuCordeiro

Culpa

Hhaha esse sentimento sempre aparece, quando menos esperamos ele aparece.

Percebi que o sentimento de culpa é igual erva daninha, caso não for retirado invade todo o terreno.

Bem, o sentimento de culpa não serve para nada, somente para cocriarmos mais sofrimento.

Sentimos culpa, se fazemos algo ou se não fazemos, principalmente as mamães que vivem neste loop de sentimos.

Bem, quando eu percebo o sentimento de culpa consigo identificar diversas situações que cocrio que torna a situação ainda pior, então para viver em paz e eliminar a culpa na raiz eu me questiono…Como eu poderia fazer melhor nesta situação?

Quando fazemos a pergunta ficamos mais conscientes do que é possível mudar ou não e quando não é possível temos consciência de que estamos fazendo o nosso melhor, a consciência de mudar ou aceitar nos conecta com a paz novamente.

LuCordeiro

Julgamentos

Eu sempre observo os meus pensamentos para não criar julgamentos entre o que eu escolho para minha vida e as escolhas das outras pessoas.

Interessante, pois quando colocamos em prática começamos a ter consciência de que todos nós temos um único objetivo que é simplesmente ser feliz. Cada um busca de uma forma.

Ahaha sim é desafiador, precisamos praticar muito o não julgamento e no dia a dia muitas vezes já olhamos a situação e automaticamente emitimos um pensamento sobre ela, bom ou ruim, certo ou errado, enfim naturalmente muitas vezes não temos consciência de que já estamos julgando.

Fiz um teste esta semana colocando em prática um exercício do Access Consciousness, cada vez que percebo um pensamento ou até quando escuto os comentários das outras pessoas eu penso na frase “Interessante ponto de vista” em silêncio.

Quando faço isso eu neutralizo qualquer tipo de julgamento e não me identifico com qualquer tipo de drama emocional da situação.

Quando conseguimos ficar neutros conseguimos expandir a nossa consciência, permitimos que o outro seja livre nas próprias escolhas e nos sentimos aceitos exatamente como nós somos.

Vamos continuar na prática e verificar o que acontece.

LuCordeiro

Tempo

Vivemos a ilusão do tempo, e aqui estamos em 2020 vivendo uma quarentena.

Neste momento eu me pergunto, perdi ou ganhei esse tempo?

Bem, pensei comigo…quando na sua existência conseguiu viver de forma intensa essa relação consigo mesma de dentro para fora?

Poucas distrações, restando somente a criatividade e o autoconhecimento para superar qualquer tipo de tédio ou conflitos nas relações importantes, descobrindo que tudo se inicia aqui dentro e cocria a realidade fora.

Ahaha essa e a parte mais intensa, pois quando se manifesta conflitos fora, é porque já virou caos aqui dentro.

Sim a consciência foi algo aprendido com intensidade, ahah a falta da liberdade também, pois muitas vezes em uma vida normal somos livres e nos prendemos em cada situação.

Ok, entendi que ganhei uma oportunidade de viver esse tempo de forma diferente e simplesmente fiz uma escolha de viver da melhor forma, de aproveitar cada minuto e de estreitar esse relacionamento íntimo comigo mesmo, ahaha esse capítulo vai merecer um textão…por mais que eu não acredite que só se vive uma vez, acredito que cada etapa desta jornada chamado vida é única e precisamos aproveitar intensamente.

Sim o tempo existe pois é nitidamente percebido nas crianças, mas as situações mal resolvidas na nossa vida ficam paradas no tempo dentro de nós, manifestando uma realidade caótica, então não podemos perder tempo fugindo  do que sentimos, somente com cara e coragem é possível vivermos o tempo como deve ser vivido, sabendo iniciar e terminar os ciclos que fazem parte da nossa vida, conseguindo assim saborear cada pedacinho desse tempo chamado vida.

Aho

LuCordeiro

Consciência

Viver consciente é estarmos atentos no dia a dia para as nossas emoções, sim percebendo como estamos nos sentindo conseguimos identificar a causa raiz quando algo está bem ou não e quais foram os gatilhos daquele sentimento.

A consciência nos permite identificar que muitos pensamentos e emoções estão no coletivo e muitas vezes não são nossos. De acordo com o Access consciousness 98% dos pensamentos não sao nossos, apenas nos identificamos com eles.

Sim conviver com a ignorância, depressão e outros sentimentos negativos nos afeta diariamente.

Uma maneira simples de observar é quando nós tivermos sentindo algo negativo perguntar para si mesmo…Isso é meu??

O seu corpo vai sentir a resposta e se não for seu, sentira leveza em seguida da pergunta, quando isso acontecer direciona o sentimento de volta de onde veio em forma de amor incondicional.

Essa simples prática vai fazer com que se concentre em trabalhar com o que é seu, sem estar influenciada pela negatividade do coletivo.

Quando não estamos conscientes somos vítimas das situações e acabamos em uma realidade de caos e negatividade.

Esteja consciente, observe seus pensamentos e sentimentos. Seja feliz.

LuCordeiro

Liberdade

A liberdade acontece a partir do momento que nos libertamos das expectativas e julgamentos em nós e nos outros.

O nosso ego ainda vai querer ser vítima das situações e pessoas, mas estamos vivendo em um momento planetário que isso não cabe mais.

Então a proposta de hoje é… assuma a responsabilidade por cada escolha na sua vida, acolhendo a sua luz e sombra.

Escreva no papel as suas dores e segredos mais profundos, depois queime e se liberte deles.

Aceite todas as suas partes, aceite você exatamente do jeito que você é, sem se preocupar com os outros, pois quando nós aceitamos conseguimos também transformar os nossos relacionamentos.

Somente o perdão e a gratidão nos liberta!!

Seja livre, seja você!!

LuCordeiro